terça-feira, 28 de março de 2017

Dores

Escrevo agora por que minhas dores são maior do que eu posso suportar. Por que novamente a estaca de gelo atravessou meu coração e todo o meu corpo está queimando numa agonia crescente. Escrevo agora por que apesar de todas as minhas forças eu estou completamente fraca e desnorteada. Escrevo por que nesse momento a sensação de um osso se quebrando doeria menos.
Escrevo para não ter que passar pelo sentir da morte que nesse momento está sussurrando na minha cabeça que ela é minha melhor amiga. Eu não gosto de escrever, só escrevo quando ela vem me dizer olá, me pergunta como estou e novamente me faz o tentador convite...e algumas vezes eu aceitei o convite, mas ela não me deu recursos suficientes.

Eu estou aqui por que meus sonhos e meus desejos estão sendo roubados de mim e não há nada o que fazer. As dores que sinto são maiores do que posso suportar, elas me sufocam, me dão náuseas e me fazem colocar pra fora coisas que não entraram. A dor me faz olhar pra ônibus e carros e caminhar em direção a eles, e quando me dou conta, me questiono o por quê e isso se repete várias vezes ao dia.

A morte tem segurado minha mão, e agora ela está me levando por um caminho aparentemente lindo, e ela me fala que não há nada a perder e por dentro eu concordo. Tentei por anos ser mais forte que ela, mas agora minhas pernas não tem mais forças e minha voz parece não existir. Ás vezes ela me engana dizendo que está indo embora, e quando dou por mim, lá está ela caminhando do meu lado novamente. E nesse momento ela está deitada junto comigo, me dando a melhor companhia que qualquer outra coisa poderia dar.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Quem disse que a vida é justa

Quem disse que a vida é justa
nunca sentiu a dor da perda
quem disse disso nunca sentiu 

como se o próprio peito fosse explodir


Quem disse que a vida é justa
nunca tentou tirar ela de si mesmo,
nunca sentiu saudade,
nunca sentiu o vazio pesar tanto
quem disse isso nunca teve sua eternidade roubada,
seus sonhos destruídos e um borrão no meio da vida

Quem disse isso, 
nunca teve nada tirado do próprio braço,
nunca levou uma vida sozinho,
nem conversou com as paredes

Quem disse que a vida é justa,
nunca foi abraçado pela escuridão,
e pelos silêncios das madrugadas solitárias

Quem diz que a vida é justa
é conformado e vai morrer pensando na justiça
quem diz que a vida é justa,
ainda não encontrou com ela de verdade

Banksy "Siga seus sonhos - cancelado"



segunda-feira, 6 de março de 2017

Ninguém pode enfrentar temporais por você.

É uma dor enorme quando o que você fazia com tanta facilidade exige hoje um esforço, é como escalar uma montanha enorme com chuva e vento querendo te derrubar a todo momento. E ai você olha pra baixo e pensa "justo agora?". e descobre que não tem hora. Enfrentar a chuva e o vento, ou se deixa cair? E isso fica na sua mente por dias, semanas, todas as horas, porque você sabe que quando chegar no topo da montanha, se for um dia bom, terá uma visão incrível. A chuva e o vento valeram a pena. 
Você chegou lá sem ninguém. Ninguém acima para puxar, ou abaixo para empurrar e você sabe que será assim todas as vezes, ninguém pode enfrentar temporais por você. Ninguém pode enfrentar temporais por você.
São as súbitas descargas de coragem que ainda te deixam aqui, são elas que te dão coragem para aquilo que hoje exige esforço, são elas que te dão um mínimo de força quando você acha que já se esgotou, são elas que por um momento te fazem enxergar as coisas de forma diferente...Mas você sabe, elas estão acabando e você com o pouco que resta procura incansavelmente por outras, mesmo sabendo que não terá. 
Não as culpem  por terem ido, elas se esgotaram, eram você...qual era a fonte de sua coragem além de você mesmo? 
As pessoas não podem enfrentar temporais por você. 
As pessoas podem enfrentar temporais com você, mas não conte com isso sempre, ás vezes elas soltam nossas mãos e se deixam levar pela enxurrada.


Resultado de imagem para nevasca
http://www.jornalagora.com.br/uploads/galeria_fotos/5507_zoom.jpg

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Meus demônios internos




Na quietude da minha mente eles chegam
se aproximam, chamegam meu ouvido
arrepiam-me o pescoço e todo o resto do corpo
intimidam, sem dó

É questão de pouco tempo
e quando vejo minha mente está gritando,
incontrolavelmente, assustada e perdida
sei que chegaram quando sinto-me esfriar por dentro

Meus demônios sussurram verdades incontestáveis,
da maneira mais sedutora possível, 
isso toma-me de tal maneira que me sinto como meus demônios,
leves, vazios e sem muitos objetivos,
deito-me e escuto atenciosamente tudo o que tem a dizer
e espero que vá embora e finalmente se vão, 
deixam um pouco deles em mim, 
e espero incansavelmente que um dia eu também vá, 
junto com eles, sabe-se lá para onde

Resultado de imagem para vultos

Sonhos



São como lindos castelos de areia,
parecem firmes, fortes e imutáveis
São lindos e nada nem ninguém pode mudar isso

Mesmo sem saber desenhar direito
São como seu melhor desenho
E mesmo sem saber o tamanho exato, 
podem ser como o mar

São sonhos, e com surpresa 
 vento derrubou o castelo
o desenho foi apagado e 
o mar deixou sua calmaria de lado e mostrou sua fúria

E de repente não são mais sonhos,
nunca foram nada,
nem planos no papel,
nunca existiu
Resultado de imagem para sonhos
Retirado do https://ilovesentimentos.files.wordpress.com/2015/07/23.jpg

Foram ilusões...

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Síndrome da menininha indefesa

Talvez você ache que o texto a seguir seja destinado apenas as mulheres, mas não, o texto é feito especialmente para os pais, amigos, irmão, maridos e namorados. Vocês não possuem uma boneca de porcelana.

FIGHT LIKE A GIRL

Por que não somos bonecas de porcelanas na beira de um móvel prestes a cair. Não somos um saquinho de purpurina colorida prestes a explodir. Não somos uma taça de cristal.
 


Não nascemos para ser boas o suficiente pra uma causa ou alguém. Nascemos para ser nós mesmas, donas de nossas escolhas, da nossa voz. Mas por vezes vocês nós tiram essa sensação e o direito de sermos nós mesmas. Nossa dura personalidade não é nossa, é TPM. Nós somos uma boneca de porcelana. Nossa raiva, não é nossa, é TPM, pois não há motivos para sentir raiva. Nossas lágrimas não são nossas, é TPM, não há motivo para chorar. Nossa vontade de sumir é nossa, somos loucas e desequilibradas. Magina, deve ser só TPM. É tudo e sempre tudo TPM, nossos fracassos, momentos de raiva, decaídas e alegrias é por sermos mulheres.Somos meninas indefesas, gritando desesperadamente por ajuda, precisamos de um príncipe para nos calar. Não podemos apenas sentir, procuram justificativas.

 O que pedimos é que nos dê a chance de falar, e ouvir o que temos a dizer, nos deixe gritar e nos escute gritar, queremos sentir raiva, felicidade, tristeza, medo e queremos fracassar, mas não por sermos mulheres, mas sim COMO mulheres. Não ache que somos bonecas de porcelana, e que sua palavra vá nos ferir. Não ache que quando explodimos de raiva saia purpurinas coloridas. Somos mulheres, somos humanos e precisamos sim de um ombro para chorar e um ouvido para desabafar, mas precisamos acima de qualquer coisa que nos escutem e já que sentem tão bem quanto nós, sintam o que falamos. Se cairmos, não nos peguem no colo e levante, nos dê sua mão e nos ajude a levantar.

Não somos uma boneca de porcelana. Não nos quebramos fácil e nós sentimos, pensamos e queremos ser nós mesmas.



sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Costumes

Eu me acostumei com seus olhos castanhos
Me acostumei com seus lábios
E com seu sorriso pequeno
Me acostumei com minha cabeça sobre teu peito,
E com suas mãos me fazendo carinho
Me acostumei com sua voz dizendo que ama,
E com a triste maneira com que vai embora
Me acostumei com você voltando,
e com o abraço de saber que denovo você está comigo
 Me acostumei com seu cabelo bagunçado e ainda assim,  acho lindo
A maneira com que você ri, fala,
observa... e parece exagero
Mas até comendo você é lindo

Não me acostumo com a idéia de ter você longe,
e por hora essa é a maior dor que eu posso sentir

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Pra você, minha mais sincera desculpas

Não encontrei as melhores palavras
para te pedir desculpas
por tudo que tenho vontade de falar,
mas não falo

Não sei se entende bem
o que quero dizer aqui...
mas o problema é você,
quando nossos olhares se cruzam,
quando nossa respiração se sintoniza,
quando vejo sua mão se aproximando da minha pele...
Eu não perco só as "estribeiras", perco o fôlego
e pior do que você pode imaginar,
eu perco minhas palavras

Mas digo, se pudesse ver teu olhar,
sentir tua respiração, seu gosto
e o peso da sua mão sobre a pele,
perderia também as palavras, 
e se deixaria tomar pelo sentir

Me desculpe por não falar
o que você merece ouvir,
e obrigada por me fazer sentir,
tanto.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Erros

Por que estamos sujeitos a erros
e talvez meu maior erro
foi ter me acostumado com tuas mãos
enroscadas no meu cabelo
e tua voz me tranquilizando dizendo que estaria ali
e estava, sempre esteve

Talvez meu maior erro
foi me perder nas cores dos teus olhos
e gostar de estar perdida
desejar ver até onde essa sintonia de cores
iria me levar
mesmo que algumas vezes não acharia
o caminho para voltar

Mas se quer saber, eu amo errar
e esses tem sidos o melhores erros da minha vida



quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Deixar ir quem deveria ficar

Deixar ir quem deveria ficar não é fácil. O coração dói e todo o resto que há dentro de nós se contorce numa dor agoniante. O vazio é tão grande que sentimos o vento atravessar o nosso corpo sem muita dificuldade. Deixar ir quem deveria ficar talvez seja uma das piores dores que vamos aprender a aceitar e a maior liberdade que vamos dar a alguém.

Deixar ir quem deveria ficar é ver-se sozinho num mundo cheio de estúpidos. Viver numa ressaca, não de álcool, mas de saudade. Daquelas que deixam um peso no peito e te sufoca. 
É descobrir a melhor versão de você mesmo, e ver todos aqueles sentimentos escorrendo novamente, enquanto você achava que já não tinha mais. É viver num loop entre vida e morte, sucumbindo apenas a sentir algo que não seja saudade.
Apesar dos pesares, deixar ir não é flores e nem espinhos, quando se deixa ir é apenas um galho que jamais germinará novamente.

Resultado de imagem para dor no coração tristeza

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Cicatrizes de um amor perdido

Eu sei, algumas feridas demoram pra cicatrizar
e ás vezes quando finalmente se cicatrizam
elas abrem novamente
e ardem.

E que muitas vezes a ficha demora a cair,
e quando cai, dói
Já sabíamos, mas não aceitamos

E por incontáveis vezes
tenho a sensação de perder o controle
sobre eu mesma, isso é loucura
fico esperando a sensação ir embora,
ela vai e se despede
até logo.

É constante a sensação 
de uma estaca de gelo
atravessando meu coração,
é uma dor cruel
Resultado de imagem para cicatrizes de um amor perdido